custo variável

O que é custo variável

Custo variável

Os custos variáveis são despesas que mudam proporcionalmente à produção ou volume de vendas. Isso significa que, à medida que a produção ou as vendas aumentam, os custos variáveis também aumentam. Da mesma forma, quando a produção ou as vendas diminuem, os custos variáveis também diminuem.

Exemplos de custos variáveis:

  • Matéria-prima: Os custos de matéria-prima variam com a quantidade de produtos produzidos.
  • Comissão de vendas: A comissão paga aos vendedores varia com o número de vendas realizadas.
  • Frete: Os custos de frete variam com a quantidade e distância de produtos enviados.
  • Serviços públicos: Os custos de serviços públicos, como eletricidade e gás, variam com o nível de produção.
  • Embalagem: Os custos de embalagem variam com o número de produtos embalados.

Características dos custos variáveis:

  • Diretamente relacionados à produção ou vendas: Os custos variáveis são diretamente afetados pelo nível de produção ou vendas.
  • Mudanças proporcionais: Os custos variáveis mudam na mesma proporção que a produção ou as vendas.
  • Previsíveis: Os custos variáveis podem ser estimados com base em dados históricos e níveis de produção ou vendas esperados.

Importância dos custos variáveis:

Os custos variáveis são importantes para as empresas por vários motivos:

  • Planejamento de produção: Ajuda as empresas a prever os custos associados a diferentes níveis de produção.
  • Cálculo de preços: Os custos variáveis são usados para determinar os preços dos produtos, garantindo que a empresa cubra seus custos e obtenha lucro.
  • Análise de custos-benefícios: Os custos variáveis podem ser usados para avaliar a lucratividade de diferentes linhas de produtos ou estratégias.
  • Controle de custos: O monitoramento dos custos variáveis permite que as empresas identifiquem áreas de ineficiência e reduzam custos desnecessários.

Para que serve custo variável

[[pt]]O custo variável é usado para calcular a lucratividade dos produtos e serviços, pois ajuda a determinar o quanto os custos mudam com base nos níveis de produção ou vendas. [[pt]]Ele permite que as empresas compreendam como os custos flutuam em relação à sua atividade e tomem decisões informadas sobre preços, produção e estratégia geral de negócios. [[pt]]Além disso, o custo variável é essencial para análise de custo-volume-lucro (CVL), orçamentos e planejamento financeiro.

Significado custo variável

Custo Variável

Como funciona custo variável

O que é custo variável?

Um custo variável é um custo empresarial que flutua com o nível de produção. Em outras palavras, quanto mais você produz, maior o custo e vice-versa.

Como funciona o custo variável?

Os custos variáveis estão diretamente relacionados ao nível de produção. À medida que o nível de produção aumenta, os custos variáveis também aumentam proporcionalmente. Por exemplo, se uma fábrica produz 100 unidades de um produto, seus custos variáveis para produzir essas unidades podem ser de R$ 1.000. Se a fábrica aumentasse a produção para 200 unidades, seus custos variáveis aumentariam para R$ 2.000.

Exemplos de custos variáveis:

  • Matérias-primas
  • Mão de obra direta
  • Energia
  • Transporte de mercadorias

Importância dos custos variáveis:

Os custos variáveis são importantes porque:

  • Fornecem informações sobre o impacto dos níveis de produção nos custos totais.
  • Ajudam na tomada de decisões sobre preços e produção.
  • Permitem que as empresas controlem os custos e melhorem a eficiência operacional.

Fórmula para calcular o custo variável por unidade:

Custo variável por unidade = Custo variável total / Número de unidades produzidas

Exemplo:

Se uma fábrica produz 100 unidades de um produto e seus custos variáveis totais são de R$ 1.000, o custo variável por unidade seria:

Custo variável por unidade = R$ 1.000 / 100 unidades = R$ 10 por unidade

Como fazer custo variável

Como Calcular o Custo Variável

1. Identifique os custos variáveis

Os custos variáveis são aqueles que mudam em proporção direta ao nível de produção ou vendas. Exemplos incluem:

  • Matérias-primas
  • Mão de obra direta
  • Comissões de vendas

2. Determine a base de alocação

A base de alocação é a unidade de medida usada para alocar custos variáveis ao produto ou serviço. As opções comuns incluem:

  • Unidades produzidas
  • Horas trabalhadas
  • Vendas em dólares

3. Calcule a taxa de custo variável unitário

A taxa de custo variável unitário representa o valor do custo variável para cada unidade produzida ou vendida. É calculada dividindo o custo variável total pela base de alocação:

Taxa de custo variável unitário = Custo variável total / Base de alocação

4. Aloque os custos variáveis

Para alocar os custos variáveis, multiplique a taxa de custo variável unitário pela quantidade produzida ou vendida:

Custo variável = Taxa de custo variável unitário * Quantidade produzida ou vendida

Exemplo:

Suponha que uma empresa produza 100 unidades de um produto e tenha os seguintes custos variáveis:

  • Matérias-primas: R$ 1.000
  • Mão de obra direta: R$ 500

A base de alocação é unidades produzidas.

Taxa de custo variável unitário: Taxa de custo variável unitário = R$ 1.500 / 100 unidades = R$ 15 por unidade

Custo variável total: Custo variável = R$ 15 por unidade * 100 unidades = R$ 1.500

Portanto, o custo variável total para produzir 100 unidades do produto é de R$ 1.500.

Autores custo variável

  • Custos de produção variáveis: Custos que variam diretamente com o nível de produção. Exemplos incluem matérias-primas, mão de obra direta e custos de remessa.
  • Custos não variáveis: Custos que permanecem constantes independentemente do nível de produção. Exemplos incluem depreciação, aluguel e salários administrativos.
  • Semi-variáveis: Custos que variam com o nível de produção, mas não em um relacionamento direto. Por exemplo, os custos de energia podem aumentar com o aumento da produção, mas não proporcionalmente.
  • Custos incrementais: Custos adicionais incorridos para produzir uma unidade adicional de produção.
  • Custos marginais: Custos adicionais incorridos para produzir uma unidade adicional de produção, levando em consideração os custos fixos e variáveis.

Tipos custo variável

Tipos de Custos Variáveis

Os custos variáveis são aqueles que variam em proporção direta à produção ou ao nível de atividade. Aqui estão alguns tipos comuns de custos variáveis:

1. Matéria-prima direta: Os materiais físicos usados ​​na produção de bens, como tecidos, aço ou produtos químicos.

2. Mão de obra direta: Os salários dos trabalhadores envolvidos na produção de bens, excluindo despesas indiretas, como benefícios.

3. Subcontratação: Serviços fornecidos por terceiros que são essenciais para a produção, como processamento, montagem ou embalagem.

4. Materiais indiretos: Materiais menores usados ​​na produção que não são facilmente rastreáveis ​​para produtos individuais, como lubrificantes, parafusos ou cola.

5. Mão de obra indireta: Salários dos trabalhadores que apoiam a produção, mas não estão diretamente envolvidos no processo, como supervisores, manutentores ou inspetores.

6. Comissões: Pagamentos a vendedores ou agentes com base nas vendas geradas.

7. Frete: Custos de transporte de matérias-primas ou produtos acabados.

8. Energia: Eletricidade, gás ou outros combustíveis usados ​​na produção.

9. Impostos sobre folha de pagamento: Impostos deduzidos dos salários dos funcionários, como imposto de renda ou previdência social.

10. Depreciação de equipamentos: Redução do valor de equipamentos e máquinas com base no uso.

Conclusão custo variável

Conclusão do Custo Variável

Os custos variáveis são aqueles que mudam em proporção direta ao nível de atividade. Isso significa que, quando o nível de produção aumenta, os custos variáveis também aumentam e, quando o nível de produção diminui, os custos variáveis também diminuem.

O gerenciamento de custos variáveis é essencial para as empresas, pois isso as ajuda a controlar seus custos e aumentar seus lucros. Ao entender o comportamento dos custos variáveis, as empresas podem tomar decisões informadas sobre como produzir e vender seus produtos.

Existem vários métodos que as empresas podem usar para gerenciar seus custos variáveis. Um método comum é o custeio baseado em atividades (ABC), que atribui custos variáveis ​​a atividades específicas dentro da empresa. Isso permite que as empresas identifiquem as atividades que estão impulsionando seus custos e tomem medidas para reduzi-las.

Outro método para gerenciar custos variáveis ​​é usar a análise de custo-volume-lucro (CVP). A análise CVP ajuda as empresas a entender o relacionamento entre custos, volume e lucro. Isso permite que as empresas prevejam seus lucros em diferentes níveis de atividade e tomem decisões sobre como maximizar seus lucros.

Ao gerenciar seus custos variáveis, as empresas podem melhorar sua lucratividade e atingir seus objetivos financeiros.

Perguntas Frequentes custo variável

Perguntas frequentes sobre custos variáveis

O que são custos variáveis?

Custos variáveis são despesas que variam com o nível de produção ou vendas. Eles aumentam ou diminuem à medida que a produção ou as vendas aumentam ou diminuem.

Quais são alguns exemplos de custos variáveis?

  • Matérias-primas
  • Mão de obra direta
  • Embalagem
  • Comissão sobre vendas
  • Custos de transporte

Como os custos variáveis são calculados?

Os custos variáveis são normalmente calculados multiplicando a taxa variável unitária pelo nível de produção ou vendas. Por exemplo, se a taxa variável unitária para o material bruto é de R$ 10 por unidade e o nível de produção é de 100 unidades, então o custo variável total para o material bruto é de R$ 1.000.

Quais são os benefícios de entender os custos variáveis?

Entender os custos variáveis permite que as empresas:

  • Planejem e projetem os custos de produção com mais precisão
  • Estabeleçam preços de produtos competitivos
  • Tomem decisões informadas sobre os níveis de produção
  • Identifiquem áreas para redução de custos

Quais são as limitações de se usar os custos variáveis?

Os custos variáveis não levam em consideração os custos fixos, como aluguel e salários administrativos, que não variam com o nível de produção. Além disso, os custos variáveis podem não ser lineares, o que significa que podem não aumentar ou diminuir proporcionalmente ao nível de produção.

Como as empresas podem controlar os custos variáveis?

As empresas podem controlar os custos variáveis por meio de várias estratégias, incluindo:

  • Negociação de preços mais baixos com fornecedores
  • Aumento da eficiência da produção
  • Redução do desperdício e do retrabalho
  • Otimização dos níveis de inventário

Reading next

caraicarai

Leave a comment

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.