estoque

O que é estoque

Estoque

Estoque é um termo usado em finanças e contabilidade para se referir aos bens ou produtos mantidos por uma empresa para serem vendidos aos clientes em um período futuro. Esses bens podem incluir produtos acabados, matérias-primas ou produtos semiacabados.

Tipos de Estoque

Existem diferentes tipos de estoque, incluindo:

  • Matéria-prima: Materiais usados para produzir bens acabados.
  • Produtos em processamento: Bens em diversas etapas do processo de produção.
  • Produtos acabados: Bens prontos para venda.
  • Estoque de segurança: Estoque extra mantido para atender à demanda flutuante ou inesperada.
  • Estoque obsoleto: Estoque que não pode mais ser vendido ou usado.

Objetivos da Gestão de Estoque

A gestão de estoque é essencial para as empresas por vários motivos:

  • Garantir a disponibilidade do produto: Manter os níveis ideais de estoque para atender à demanda do cliente.
  • Minimizar custos: Otimizar os níveis de estoque para reduzir os custos de manutenção, pedidos e transporte.
  • Melhorar a eficiência: Gerenciar o fluxo de estoque com eficiência para evitar atrasos ou faltas.
  • Maximizar o lucro: Gerenciar os níveis de estoque para equilibrar a disponibilidade do produto com os custos.

Técnicas de Gestão de Estoque

Existem várias técnicas usadas para gerenciar o estoque, incluindo:

  • Controlo Perpétuo: Rastreia constantemente os níveis de estoque e atualiza os registros à medida que os bens são comprados ou vendidos.
  • Inventário Periódico: Rastreia os níveis de estoque em intervalos regulares por meio de contagens físicas.
  • Modelo de Reposição: Determina o ponto de pedido e a quantidade do pedido com base na demanda histórica e no tempo de entrega.
  • Método Just-in-Time: Reduz os níveis de estoque ao receber bens apenas quando necessário para a produção ou venda.
  • Gestão de Armazém: Otimiza o layout e as operações do armazém para melhorar a eficiência e a precisão.

Para que serve estoque

* Estoque*

Definição:

O estoque é um componente essencial da cadeia de suprimentos que abrange todos os bens físicos mantidos por uma organização para atender às demandas atuais e futuras de seus clientes.

Objetivos do Estoque:

1. Atender à Demanda do Cliente: * Garantir que os produtos estejam disponíveis quando os clientes precisarem. * Evitar rupturas de estoque, que podem levar à perda de vendas e insatisfação do cliente.

2. Reduzir Custos: * Otimizar os níveis de estoque para minimizar os custos de manutenção e armazenamento. * Reduzir o desperdício por meio da gestão adequada do estoque e da prevenção de produtos expirados.

3. Melhorar a Eficiência: * Reduzir o tempo de entrega ao manter níveis de estoque adequados. * Agilizar as operações por meio de sistemas de gestão de estoque eficientes.

4. Gerenciar Riscos: * Proteger contra flutuações na demanda ou interrupções na cadeia de suprimentos. * Garantir a disponibilidade de produtos essenciais em tempos de crise.

Tipos de Estoque:

  • Matéria-prima: Materiais usados na produção.
  • Produtos em processo: Itens parcialmente concluídos.
  • Produtos acabados: Produtos prontos para venda.
  • Estoque de segurança: Estoque adicional mantido para lidar com flutuações na demanda ou outras contingências.

Gestão de Estoque:

A gestão eficaz do estoque envolve:

  • Previsão de demanda
  • Otimização dos níveis de estoque
  • Monitoramento e controle de estoque
  • Sistemas de gestão de estoque (por exemplo, ERP, WMS)
  • Práticas de FIFO (primeiro que entra, primeiro que sai) ou LIFO (último que entra, primeiro que sai)
  • Gerenciamento de estoque just in time (JIT)

Significado estoque

[[pt]]Inventário

Como funciona estoque

Estoque

O estoque refere-se aos bens que uma empresa tem em mãos para vender a clientes. Ele é um ativo circulante que é importante para as operações comerciais.

Como funciona o estoque

  1. Aquisição: As empresas adquirem estoque de fornecedores ou produzem internamente. O estoque adquirido é registrado na conta de estoque bruto.
  2. Armazenamento: O estoque é armazenado em armazéns ou outras instalações até ser vendido.
  3. Vendas: Quando o estoque é vendido, ele é removido da conta de estoque bruto e registrado na conta de custo das mercadorias vendidas (CMV). A diferença entre o preço de venda e o CMV resulta no lucro bruto.
  4. Custos: Existem vários custos associados ao estoque, incluindo:
    • Custo de aquisição: O custo do estoque quando adquirido.
    • Custos de manutenção: Custos de armazenamento, manuseio e seguro.
    • Custos de obsolescência: Perdas decorrentes da perda de valor do estoque.
  5. Gestão: As empresas gerenciam seus estoques para otimizar os níveis de estoque, minimizar custos e maximizar lucros. Isso envolve:
    • Previsão de demanda: Prever a demanda futura do cliente.
    • Controle de estoque: Acompanhar os níveis de estoque e reordená-lo conforme necessário.
    • Ajustes sazonais: Ajustar os níveis de estoque para atender às flutuações sazonais na demanda.
    • Gestão de obsolescência: Vender ou descartar estoque obsoleto para evitar perdas.

Tipos de estoque

Existem vários tipos de estoque, incluindo:

  • Estoque de matérias-primas: Material bruto usado na produção.
  • Estoque de produtos em processo: Produtos parcialmente concluídos que ainda estão em produção.
  • Estoque de produtos acabados: Produtos totalmente concluídos prontos para venda.
  • Estoque de segurança: Estoque adicional mantido para atender a flutuações inesperadas na demanda.
  • Estoque obsoleto: Estoque que perdeu valor ou não é mais procurado.

Importância do estoque

O estoque é crucial para as empresas porque:

  • Permite que as empresas atendam à demanda dos clientes.
  • Ajuda as empresas a evitar perdas devido a escassez de produtos.
  • Fornece uma fonte de segurança financeira.
  • Permite que as empresas se beneficiem de economias de escala nas compras.

Como fazer estoque

Como Fazer Estoque

O estoque é um componente crucial da gestão de qualquer negócio. Ajuda a acompanhar o inventário, gerenciar os custos e prever a demanda. Aqui está um guia passo a passo sobre como fazer estoque:

1. Determine os Itens para Estoque:

  • Identifique os itens que precisam ser rastreados, como matérias-primas, produtos acabados e suprimentos.
  • Considere o valor e a rotatividade dos itens para determinar quais deles são mais críticos para monitorar.

2. Escolha um Método de Estoque:

  • Estoque Periódico: A contagem de estoque é realizada em intervalos regulares (por exemplo, mensalmente ou trimestralmente).
  • Estoque Contínuo: Os níveis de estoque são atualizados constantemente à medida que as transações ocorrem.

3. Configure um Sistema de Estoque:

  • Software de gerenciamento de estoque: Automatiza o rastreamento de estoque, processamento de pedidos e geração de relatórios.
  • Planilha: Pode ser usada para rastrear manualmente os níveis de estoque, mas pode ser propensa a erros.

4. Estabeleça Níveis de Estoque Ótimos:

  • Determine os níveis mínimos e máximos de estoque para cada item.
  • Considere fatores como demanda, lead time e custos de armazenamento.

5. Realize Contagens Físicas Regulares:

  • Conte manualmente o estoque em intervalos regulares para verificar a precisão dos registros.
  • Use dispositivos de leitura de código de barras ou RFID para agilizar o processo.

6. Ajuste os Registros de Estoque:

  • Compare os dados da contagem física com os registros do estoque.
  • Faça os ajustes necessários para corrigir quaisquer discrepâncias.

7. Monitore os Níveis de Estoque:

  • Revise os relatórios de estoque regularmente para identificar tendências e padrões.
  • Tome medidas proativas para reabastecer o estoque quando os níveis estiverem baixos.

8. Otimize o Estoque:

  • Analise os dados do estoque para identificar áreas de melhoria.
  • Implemente técnicas de gestão de estoque como Just-in-Time (JIT) ou Vendor Managed Inventory (VMI).

9. Faça Auditorias de Estoque:

  • Realize auditorias regulares de estoque para garantir a precisão e conformidade.
  • Verifique o estoque físico, os registros e os processos de manuseio.

10. Treinamento e Responsabilidade:

  • Treine a equipe sobre os procedimentos de estoque.
  • Atribua responsabilidades claras para manter a precisão e a eficiência do estoque.

Seguir essas etapas ajudará você a implementar um sistema de estoque eficaz que melhora a visibilidade, reduz custos e otimiza as operações.

Autores estoque

Autoestoque

Tipos estoque

Tipos de Inventário

Conclusão estoque

Conclusão do Inventário

Perguntas Frequentes estoque

Perguntas frequentes sobre estoque

O que é estoque?

  • Estoque refere-se aos bens físicos que uma empresa possui e que planeja vender aos clientes.

Quais são os diferentes tipos de estoque?

  • Matéria-prima: Materiais não processados usados na produção de bens.
  • Produtos em processo: Bens parcialmente concluídos em processo de produção.
  • Produtos acabados: Bens prontos para serem vendidos aos clientes.

Por que é importante gerenciar o estoque?

  • Gerenciar o estoque ajuda as empresas a:
    • Atender à demanda do cliente
    • Minimizar custos de estoque
    • Otimizar o fluxo de caixa
    • Garantir a disponibilidade do produto

Quais são os custos associados ao estoque?

  • Custos de manutenção: Custos de armazenagem, seguro e depreciação.
  • Custos de pedido: Custos de processamento, emissão e entrega de pedidos.
  • Custos de falta: Perdas devido à falta de estoque quando há demanda.

Como é medido o estoque?

  • O estoque é medido por meio de contagem de ciclos, que envolve a contagem física do estoque periodicamente.

Quais são os métodos de avaliação de estoque?

  • Custo médio ponderado (CMP): O custo unitário é calculado pela média dos custos de todos os itens semelhantes em estoque.
  • Primeiro a entrar, primeiro a sair (FIFO): Os itens comprados primeiro são vendidos primeiro.
  • Último a entrar, primeiro a sair (LIFO): Os itens comprados por último são vendidos primeiro.

Quais são as estratégias de gerenciamento de estoque?

  • Modelo de quantidade econômica do pedido (EOQ): Determina a quantidade ideal a ser pedida para minimizar os custos.
  • Programação just-in-time (JIT): Recebe os itens do estoque conforme necessário, reduzindo os custos de estoque.
  • Inventário de segurança: Mantém um nível mínimo de estoque para evitar faltas.

Quais são os indicadores-chave de desempenho (KPIs) para gerenciamento de estoque?

  • Razão de giro do estoque: Mede a eficiência com que o estoque está sendo vendido.
  • Dias de estoque: Mede o número médio de dias que o estoque permanece em mãos.
  • Nível de serviço do estoque: Mede a capacidade de atender à demanda do cliente.

Reading next

caraicarai

Leave a comment

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.